Imagem capa - Projeção Fotográfica Noturna na Rua com Syntique Lemos por Amanda Franco
Na mídia

Projeção Fotográfica Noturna na Rua com Syntique Lemos

O São João da Barra Photo Week se preparava para um grande evento, que aconteceria nos dias 15, 16 e 17 de junho de 2018. O que era mesmo muito bacana. Nada bacana e aceitável era o fato dos organizadores e responsáveis pelo Photo Week - Carlos Nascimento e Angela Paes, terem convidado para palestrar no workshop apenas fotógrafos homens.


Embora tenhamos no mercado brasileiro inúmeras fotógrafas geniais e talentosíssimas, nenhuma delas recebeu o convite para palestrar ou expor individualmente no SJB. "Três palestras com alguns dos principais expoentes da fotografia nacional", anunciava o evento. Nenhum expoente era uma mulher. Nenhuma mulher sequer teve a chance de recusar o convite.


A mulher e fotógrafa Sintyque Lemos, que lidera várias frentes relacionadas aos direitos e visibilidade da mulher, não deixou passar em branco o "esquecimento" dos organizadores. Sintyque tentou contato, através de dois meios de comunicação diferentes, relatando que gostaria de dialogar com a organização sobre a questão, que foi devidamente explicada. Não houve resposta.



A fotógrafa decidiu, então, com o apoio de amigos e fotógrafas de várias cidades, organizar uma projeção fotográfica exclusivamente com registros feitos por mulheres, além de uma roda de conversa "à margem do evento" - como ela chamou. A ação é um protesto e repúdio à não presença de mulheres no primeiro São João da Barra Photo Week.


Fotografias de trinta e duas fotógrafas mulheres foram projetadas na parede de um prédio próximo ao local, na sexta (15/06) após a palestra do Walter Firmo. "Enquanto as fotos passavam gigantes na parede lateral do prédio eu me emocionei. Foi tudo tão rápido, mas nós conseguimos! Estávamos ali dando o nosso recado, mostrando a cara, mostrando os trabalhos de mulheres incríveis de várias cidades", relata Syntique Lemos.


As pessoas que deixavam o teatro, após a palestra do Walter, foram convidadas para assistir à exposição. Após o filme, a fotógrafa e seu colegas explicaram a razão daquele evento paralelo estar acontecendo. A recepção foi tão ótima!


A fotógrafa conta que não foi a única responsável pela  iniciativa, que só foi possível porque cinco mulheres e quatro homens estavam presentes apoiando e segurando os equipamentos de projeção. O agradecimento especial vai para: Letícia, Luiza, Raíssa, Malena, Piquira, Rafael, e Tarcisio.



Acima, um o registro do local, com uma fotografia minha (Amanda Franco) sendo exibida na parede do prédio.



Abaixo, imagens da fotógrafa Raissa Machado durante a exposição:




Eu acredito que no próximo ano, os organizadores do evento serão capazes de produzir o Photo Week sob um novo olhar e uma perspectiva muito mais ampla e justa.


Syntique, obrigada por se colocar à frente nessa causa por todas nós. Por entender que temos dezenas de anos para recuperar, principalmente no âmbito profissional. Sua inciativa tem um valor enorme na busca pela equidade entre gêneros. Nós somos muitas e somos excelentes no que fazemos. Gratidão, querida.


Até a próxima,

Amanda Franco.